Americano diz que namorada morreu em sexo oral e usa tamanho do pênis como prova de sua versão do 'acidente'
Divulgação/ Polícia da Flórida
Americano diz que namorada morreu em sexo oral e usa tamanho do pênis como prova de sua versão do 'acidente'
Um homem que foi acusado de matar a própria namorada na Flórida, nos Estados Unidos, quer mostrar o seu pênis para o júri responsável pelo seu caso. Segundo o acusado, o tamanho do seu órgão sexual serviria como 'evidência da sua versão dos fatos', inocentando-o do crime de homicídio.